8.5.12

Coleção D. Thereza Christina Maria

"Composta por 23 mil peças, entre livros, fotografias e documentos do Século XIX, a coleção foi doada ao Brasil por D. Pedro II, em 1891, quando o imperador já estava em seu exílio na Europa.
A Thereza Christina – que é a maior coleção de fotografia histórica existente em uma instituição pública brasileira – reúne imagens de grandes fotógrafos como Albert Frisch, Pedro Hees, Paul Nadal, Roger Fenton e Marc Ferrez.
Também contém as últimas fotos da Família Real no exterior, tiradas por Francesco Pesce, em 1888, e reproduções da pintura a óleo das princesas Isabel e Leopoldina.
Por seu grande valor histórico, o conjunto foi registrado como patrimônio documental da humanidade, em 2003."

Estação Nova Friburgo, Henschel e Benque Rio de Janeiro


As imagens podem ser vistas no site Biblioteca Nacional Digital separada por álbuns onde é possível ver detalhes mínimos do estado de conservação.



A Exposição 
Em 2003 parte desse acervo, com 220 fotos e retratos pintados a óleo pertencentes à família real, integraram a exposição De volta à luz, na sede do Banco Santos, na capital paulista. "Cópias fotográficas em Papel Albuminado. Foi este o papel mais utilizado no século nascedouro da fotografia, tradicionalmente empregado na confecção de todos os formatos clássicos daquele período, tais como o carte de visite, o carte carbinet e o estereograma, além de outros formatos menos populares." (texto dos curadores Joaquim Marçal e Rubens Fernandes)


Folheto da exposição, 2003

D.Pedro II, D. Thereza Christina Maria e comitiva junto às pirâmides, Cairo, Egito, 1871 - M.Delie & E. Bechard


D.Pedro II, Imperador do Brasil, Rio de Janeiro, 1867 - Carneiro e Gaspar



2 comentários:

  1. Esta foto acima é foto ou retrato?
    J.C
    http://qsldobrasil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir